Saiba como fazer o desfralde do seu filho sem estresse

O momento do desfralde é uma das fases que causam mais estresse para os pais, já que é um marco muito importante no desenvolvimento da autonomia da criança. Ser mãe é passar por todas as fases do desenvolvimento infantil com a cabeça cheia de dúvidas sobre o que é melhor fazer para a criança.

De acordo com a neuropsicopedagoga Viviani Zumpano, o desfralde só deve ser feito quando os pais estiverem seguros e conscientes que os incidentes vão ocorrer. “Eles precisam estar preparados para lidar com essas situações da melhor maneira possível. Tudo deve ser pensado para não causar traumas na criança”, ressalta.

Qual a idade certa para o desfralde?

Muitos pais têm dúvidas sobre qual a idade certa para o desfralde. Segundo Viviani, o ideal é começar a partir dos 18 meses. “Nessa idade, a criança já está cognitivamente mais desenvolvida para compreender o processo e, por já pronunciar algumas palavras, a comunicação fica mais fácil com os adultos”, explica a especialista.

Como lavar roupinhas do bebê antes da maternidade?

Como acertar no tamanho da roupinha para o bebê?

Viviani ressalta que é importante que os pais sejam o exemplo para a criança aprender a usar o banheiro. “Em casa, os pais podem deixar a criança ver como eles usam o banheiro, pois isso é um ótimo incentivo e modelo de imitação”.

Por onde começar o desfralde?

Com relação à sequência para o desfralde, Viviani indica que o ideal sempre é começar pelo xixi, pois o controle da urina é mais fácil para a criança. Depois, os pais podem começar o processo das fezes, que pode levar mais tempo. Por último, quando a criança já não precisar de fralda durante o dia e não tiver episódios de escapes, o desfralde noturno deve ser iniciado.

“Nesta última fase, os pais precisarão levantar de três a quatro vezes por noite para levar a criança ao banheiro no início. Isso ajuda a criar o que chamamos de autorregulação. Depois de um tempo, a criança começará a ir sozinha”, explica.

O que fazer na escola e nos passeios

Na escola, a criança em processo de desfralde vai aprender bastante ao observar o comportamento das outras crianças. As que não usam mais fraldas serão exemplo e os outros vão imitar os coleguinhas que já usam o banheiro.

O desfralde fora de casa

Um dos momentos de maior estresse é quando os pais precisam sair de casa com o filho que ainda está no processo de desfralde. “Ninguém precisa parar de sair por causa do desfralde. A recomendação é usar a fralda e levar a criança ao banheiro várias vezes. Isso evita frustração ou situações embaraçosas para a criança e para os pais”, recomenda Viviani.

Quando a criança fizer algo correto, os pais e cuidadores devem elogiar sua iniciativa. “A criança precisa ser elogiada e incentivada sempre que conquistar algo importante. Ela vai entender que está fazendo algo bom e tende a repetir o processo. Isso vale para qualquer atividade, incluindo o desfralde”, afirma a neuropsicopedagoga.