Tirar o dente do siso é mais comum do que pensamos. Se você tirou, sabe que é um processo dolorido e que requer recuperação adequada. Veja os cuidados.

Extraiu o dente do siso? Veja os cuidados recomendados para você

Apesar de causar certo medo em muitas pessoas, a extração do dente do siso é considerada um procedimento simples pelos dentistas. A cirurgia é segura e, se realizada por um profissional capacitado, tem tudo para ser um sucesso.

Segundo a dentista Rosane Menezes Faria, a extração do dente do siso só deve ser feita nos casos em que o dente atrapalha o alinhamento da arcada ou cause algum tipo de inflamação. “Mesmo sem ter uma função específica, se estiver posicionado corretamente, a pessoa pode conviver com ele sem muitos problemas”, afirma.

No entanto, para quem precisa fazer o procedimento, existem certos cuidados que precisam ser tomados para que não aconteça nenhum tipo de complicação no pós-operatório. Confira algumas recomendações:

Alimentação

A alimentação após a cirurgia, especialmente nos primeiros três dias, deve ser exclusivamente líquida para evitar infecções e irritação no local. Os movimentos de sucção também estão proibidos neste primeiro momento. “Posteriormente, já é recomendado o início de uma dieta pastosa, mas sempre evitando a mastigação na região. A volta para o cardápio usual só pode ser concretizada após a retirada dos pontos”, orienta Rosane.

Higienização

A higienização da área do dente do siso operada tem que ser feita na frente do espelho, utilizando uma escova de dente com cerdas macias e com quantidade reduzida de creme dental, para que se forme pouca espuma. “A orientação é que escove os dentes de forma bem suave para evitar o contato brusco da escova com a região afetada. Os pontos retêm alimentos e bactérias que podem causar infecções. Por isso a importância de manter a boca limpa e bem cuidada”, ressalta. Também é importante lembrar que não se pode bochechar vigorosamente nos quatro primeiros dias.

Repouso e compressa com gelo

De acordo com Rosane, ficar em repouso o maior tempo possível, sem fazer força ou atividade física, é imprescindível. “O principal movimento que se deve evitar é abaixar a cabeça. Para garantir que não aconteça nenhum sangramento forte, ao repousar, deixe a cabeça sempre erguida”, comenta a especialista.

A compressa com gelo ou bolsa térmica gelada nas primeiras 24 horas também é muito importante para evitar ou diminuir o inchaço proveniente da extração. Outra recomendação é evitar a exposição ao sol e não fazer o consumo de álcool nem tabaco antes da retirada dos pontos.

Retorno ao dentista

Por fim, a especialista pontua que a prescrição medicamentosa e os horários dos remédios devem ser rigorosamente respeitados. Em caso de dor forte ou febre, é necessário entrar em contato com o cirurgião-dentista o mais breve possível. “Uma semana após a extração do siso, em média, acontece a retirada dos pontos. Esse retorno também é uma oportunidade para o dentista verificar se a cicatrização ocorreu sem nenhuma complicação”, ressalta.