Conheça 6 causas que prejudicam a saúde do coração

As doenças relacionadas à saúde do coração são consideradas as principais causas de morte no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, registros mostram que, a cada dois minutos, um óbito é causado por este tipo de enfermidade. O cardiologista Alessandro Machado explica que “atitudes simples, como caminhada e atividade física regular, aliadas a uma dieta equilibrada, podem promover boa saúde e preservar o coração”.

O especialista cita alguns dos principais inimigos da saúde do coração. Veja a seguir algumas atitudes que estão prejudicando a saúde do coração e fique alerta:

Alto nível de estresse e ansiedade

Machado explica que estes fatores forçam o coração a trabalhar mais, diminuindo sua ‘vida útil’. Além disso, podem trazer problemas como infartos fulminantes, principalmente após os 40 anos de idade.

Obesidade e aumento de gordura abdominal

São fatores de risco e podem duplicar as chances de a pessoa sofrer um infarto. A obesidade abdominal está relacionada ao aumento do colesterol e à maior incidência de diabetes.

Alimentação desequilibrada

A agitação e a correria do dia a dia levam muitas pessoas a se descuidarem de uma alimentação saudável. Ingerir frutas e vegetais com frequência, assim como evitar o consumo excessivo de açúcar, contribui para manutenção de um peso corporal adequado.

Coisas que Você Precisa Saber Sobre o cigarro

Qual a diferença entre colesterol bom e ruim?

Sal em excesso pode prejudicar a saúde. Saiba como substituir o tempero

Além disso, uma dieta pobre em gordura animal ajuda a baixar o colesterol ruim e pode atenuar os riscos de sofrer problemas cardíacos. Vale ressaltar que evitar o excesso de sal melhora o controle da pressão arterial e a saúde do coração.

Sedentarismo

O exercício físico regular é ótimo para o corpo e a mente: diminui as tensões do dia a dia, melhora da capacidade cardiorrespiratória, ajuda a manter os níveis de açúcar do sangue dentro do normal e é fundamental para a manutenção do peso corpóreo. O cardiologista sugere a prática de atividade física ao menos três vezes por semana, pois isso ajuda a prevenir diversas doenças e melhora a saúde do coração.

Consumo excessivo de álcool prejudica saúde do coração

Machado explica que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode levar à dilatação do coração, além de ocasionar outros problemas como vício, dependência e potencializar o efeito de remédios como calmantes. O vinho, em particular, possui flavonoides, substâncias benéficas que aumentam o bom colesterol (HDL).

Não consultar um médico ao sentir dores no corpo

O cardiologista orienta para sempre buscar ajuda médica ao perceber algo errado no organismo. Dores no coração, incômodos no peito durante ou após a prática de exercícios, náuseas, dores que se iniciam no peito e irradiam para o pescoço ou para os braços são fatores muito preocupantes. Fique atento e cuide da saúde do coração!

Fonte: Hospital Santa Catarina